terça-feira, 10 de maio de 2011

Pós Show.


Bem minha gente, como vocês sabem, na ultima madrugada do sábado para o domingo eu fui para um show, que citei aqui no blog, Vamos agora para as impressões positivas e negativas deste evento que com certeza me marcou.
Logo de inicio uma longa espera para entrar no Internacional, mas que não foi tão longa já que foi marcada por uma conversa/debate sobre teologia e seus segmentos. Então as 20:10 mais ou menos entramos, mas as bandas só começaram a tocar as 22:00 bem pra falar a verdade eu estava já ficando impaciente, 3 horas de espera e brincadeira, mas depois soubemos um pouco os motivos, infelizmente o som estava muito sujo e não entendi bulhufas do que foi cantado na primeira banda, só percebi que o guitarrista tava desafiando para um combate, afinal tava tocando guitarra em base de arqueiro o tempo todo. Outra coisa que acho negativas nos shows com varias bandas são as trocas de instrumentos que estava levando mais tempo do que a banda no palco...
Em uma dessa trocas, vejo um cara, pedindo sem microfone para que o pessoal se reunisse para orar, Bem eu fui ver o que era, Nossa não reconheci o JT, tá ficando velhinho meu, mas ele como um verdadeiro ungido do Senhor ministrou varias coisas, naquela noite e explicou muitos pqs o show tava naquelas demoras. Bem teve muitas outras bandas naquela noite o qual foras Metal Nobre eu gostei muito da Soul Factor, que já conhecia, mas foi a primeira vez ao vivo lol, e a banda Kruyssen.
O que mais posso falar é que nessa noite eu vi o grande abismo que separa uma banda de um ministério. E novamente exalto ao Senhor por tudo que Ele fez naquela noite.

Amanhã tem um post especial sobre a banda Soul Factor e sobre uma questão que pode virar judicial sobre uma musica, a perda da identidade Cristã e o ateísmo. Um grande abraço. E ainda hoje tem mais.

Nenhum comentário: