terça-feira, 2 de agosto de 2011

Maquinas Humanas


Como vai sua humanidade?
Todos os dias estamos cada vez mais nos modificando, mas muitas das vezes essas modificações não são beneficentes, estamos cada vez diminuindo a nossa capacidade de pensar e nos acomodando com os pensamentos dos outros, ficando assim mais sucetiveis. Desde pequeno deveríamos ser estimulados a pensar, mas em vez disso somos estimulados apenas a reproduzir o que já foi descoberto ou pensado por outros. Mecânicamente vamos sempre ao trabalho/escola pelos mesmos caminhos, não por só existir um caminho, mas por ser mais cómodo ir por ele. A classe de trabalho que vem crescendo e sendo mais bem paga hoje em dia não é as que inovam ou que ajudam as pessoas a pensarem, mas as que trabalham repetindo as mesmas funções (O tecnismo ta ai para provar). Cada vez mais nos afastamos das pessoas, nos relacionamos apenas através de um celular, ou de um computador, cada vez mais nos tornamos egoístas por isso. Está tudo em uma cadeia que nos levar a perdemos a humanidade e agirmos como maquinas, Frias e sem sentimentos.
As pessoas estão morrendo de fome, mas nosso pensamento sempre é: Eu tenho meus próprios problemas para me preocupar. Hoje em dia nem os casais se amam, apenas fazem sexo e depois cada um vai para seu lado, não importando se alguém se magoou ou não nesse historia. Os amigos agora vivem desconfiando um do outro, pois nem confiança existe mais. Os parentes são apenas conveniencia, pois ninguém quer mais suportar ninguém.
Tudo isso acontecendo e no cenário politico cada vez mais é comum falarmos de roubo e corrupção, mas como estamos preocupados com nosso dia-a-dia não nos preocupamos em cuidar do nosso pais (Não falo de pátria, pois sou contra patriotismo, mas das pessoas e das condições do pais) e não percebemos que são nossos dirigentes de mão dadas aos grades Empresários que estão impondo esse estilo de vida medíocre para nós. Minha pergunta é Até quando vamos ficar nessa?

Um comentário:

ALVARO O BARDO disse...

tam bém massa essa pergunta acho que deveríamos começar a mudar através de nossas micro relações!!